Vergonha! Ou Apoia Aldo ou Perde o Ministério!


Intervenção anti-constitucional na Câmara de Deputados é sinal de regime autoritário.

Estado de SP.

O próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou de cabeça na guerra para fazer do deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), seu ex-ministro da Coordenação Política, o novo presidente da Câmara, e acena até com uma reforma ministerial para cabalar votos entre os parlamentares dos partidos aliados que têm pastas na Esplanada. Na reunião de coordenação política de ontem, sai a certeza de que a eleição na Câmara desenhará o tamanho e a composição da nova base governista e os ministérios têm de refletir essa base.

Isso pode significar inclusive a perda de ministérios, no caso de partidos que não apóiem o Planalto, apesar de Lula já ter dito que queria ir com estes ministros até o fim do mandato. O Planalto não admite que esteja ameaçando os ministros, mas recomendou que todos se esforcem para a eleição de Aldo.

<< Home