É Verdade! Mas...


Se o Aldo Rebelo era o Ministro-Coordenador Político do governo no período que acontecia o caso Mensalão e foi o responsável pela coordenação da base do governo, quando Severino venceu, que aptidões de liderança tem para ser Presidente da Câmara???

Matéria da Redação da Folha de SP.

O Planalto e o PT chegaram, enfim, a um entendimento: decidiram apoiar para a presidência da Câmara o então ministro da Coordenação Política do governo à época da eleição de Severino Cavalcanti, até aquela data a maior humilhação sofrida pelo governo.

Parece piada. Parece provocação. É provável que seja só incompetência -mais uma. Quando o tsunami Severino -como foi chamado na ocasião- atropelou o governo e derrubou o PT, Aldo Rebelo, do expressivo PC do B, era uma figura apenas ornamental, ocupava um espaço literalmente vazio. O governo, viu-se, não tinha nem coordenação nem base de apoio.

<< Home