Severino é Obra do PT


Trecho de artigo de REINALDO AZEVEDO

O Globo.


Vimos uma farsa tomar o noticiário com o auxílio de um acadêmico: Renato Lessa, do Iuperj. Ele atribuiu ao PSDB e ao PFL a eleição de Severino Cavalcanti (PP-PE) para a presidência da Câmara. E cobrou desculpas dos dois partidos. É mentira. Não se trata de juízo de valor, interpretação ou gosto. A calculadora de Lessa é igual à minha. A menos que ele a torture para que ela confesse o que ele quer. Severino foi eleito por 300 de seus pares. Os tucanos e os pefelistas, juntos, tinham 113 votos, contra 377 da base aliada. Ainda que tucanos e pefelistas tivessem migrado em massa para o candidato do PP, sobraram 187, oriundos do governismo. Por que as oposições fariam por Lula o que ele não fez por si mesmo?

<< Home