Severino: A Bola da Vez


Matéria de Veja repercute nos jornais e TVs.

Trecho do Globo.

Severino Cavalcanti (PP-PE), encerrou a semana com explicações antecipadas sobre denúncia de que teria cobrado propina de um concessionário de restaurante na Casa.

Antes mesmo da veiculação das denúncias nas revistas de fim de semana, Severino passou o dia reunido com assessores e divulgou nota alegando que foi vítima de extorsão praticada por Sebastião Augusto Buani, da empresa Buani e Paulucci, que explora, por concessão, um dos restaurantes da Câmara, o do décimo andar do Anexo IV.

Severino pediu ao ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, abertura de inquérito
na Polícia Federal para investigar Buani. O empresário teria entregue também um dossiê mostrando que, em troca, Severino exigido R$ 10 mil por mês.

<< Home