Senador... Deputado... Candidato... Ministro... Nelson Jobim, Continua Tratando de Política Perdendo a Sua Condição de Magistrado!


Corte Suprema dos EUA, seria desqualificado!

O presidente do STF, Nelson Jobim, defendeu há pouco a reforma política e disse que, sem redução das despesas dos partidos e das candidaturas, a necessidade de financiamentos vai prosseguir. "Temos que efetivamente reduzir os arcos de despesas, não dá para pensar em reduzir as fontes de financiamento se as despesas não forem menores".

Ele destacou como pontos importantes da reforma a questão da lista partidária fechada porque, em sua opinião, a lista aberta alimenta o problema de despesas, porque cada candidato passa a ser candidato de si próprio e precisa se auto financiar, o que estimula também o individualismo político. "O que assistimos aí, fora a questão ética propriamente dita, é também produto de uma distorção ou da superação do sistema eleitoral que temos", disse Jobim.

<< Home