Primeiro Mapa do Valerio-PT-Duto! 1

Fontes Internas

Coluna de Nassif na FSP.
A partir de um estudo meticuloso, o senador Rodolpho Tourinho montou um mapa das principais operações internas de geração de caixa e operações externas. Nas operações internas, identificou cinco pontos principais:
1) Superfaturamento. Pode ser proveniente de contratos com órgãos públicos, empresas públicas e empresas privadas. No "mensalão", identificou dois tipos principais de superfaturamento: em agências de publicidade e na compra de bens e serviços. No caso das agências, executam-se serviços não-compatíveis com o plano de mídia e se transfere o excedente de ganho para empresas ligadas a Marcos Valério ou pessoas físicas. No caso de compra de bens e serviços, o processo é o mesmo.

2) Operação "Beirada" 1. Fundações, empresas públicas ou instituições financeiras investem em papéis de renda fixa de bancos, corretoras e distribuidoras. Aplicam a taxas ligeiramente abaixo de mercado. Como são recursos expressivos, geram ganhos na "beirada". Esses ganhos são transferidos para empresas de Marcos Valério ou pessoas físicas ligadas. A CPMI já mapeou esses processos.

3) Operação "Beirada" 2. Fundações usam corretoras e distribuidoras para entrar na frente comprando ações. Fornecem o "funding" para constituir e/ou bancar posições. Aí fundações entram no mercado puxando as cotações. As corretoras e/ou distribuidoras entram no mercado vendendo e realizam o lucro transferindo o resultado ou parte dele para empresas de Marcos Valério. Também essa operação foi apurada pela CPMI.

4) "Funding". Fundações, empresas públicas e instituições financeiras públicas aplicam em papéis de renda fixa por terceiros ou diretamente em um banco privado. O banco efetua empréstimos para empresas de Marcos Valério ou pessoas físicas associadas.
Blog do Cesar Maia

<< Home