Plataforma Econômica de Plínio Arruda, Forte Candidato a Presidente do PT


Correio Brasiliense -Trechos da entrevista.


PLÍNIO –É fundamental deixar de pagar a dívida externa do jeito que ela está sendo paga. É preciso renegociar a dívida externa. É impossível gastar o que se gasta no pagamento dos juros da dívida externa e ao mesmo tempo atender às necessidades de investimento e às necessidades sociais do país.

– Eu discordo. A economia não vai bem. A economia não está em turbulência financeira, mas 3% de crescimento ao ano é insuficiente para atender às necessidades,... Precisa crescer mais aceleradamente e de uma outra maneira, que redistribua mais renda. E, portanto, não é possível aceitar esse superávit primário enorme, que esgota toda a capacidade financeira do Estado.

– Na prática, o PT faz aliança com a direita e coloca no Ministério da Agricultura o ministro Roberto Rodrigues. Ele é contra a modificação dos índices de produtividade da terra. Ora, a mudança dos índices de produtividade da terra é fundamental para que possa acelerar a reforma agrária. Se o ministro do Desenvolvimento Agrário (Miguel Rossetto) tem uma posição, o ministro da Agricultura bloqueia essa posição. Não é possível.

<< Home