...Ou a Crise é Mais Séria do se Imagina!


Trecho do EDITORIAL DO GLOBO.

A teimosia de Severino Cavalcanti amplia o campo minado no cenário político. Cria, por exemplo, uma armadilha para o presidente da República, por lhe pedir apoio sob o argumento capcioso, segundo se comenta, de que sem ele no principal posto da Mesa da Câmara estará escancarada a porta para o processo de impeachment. A manobra, se confirmada, não passa de chantagem rasteira a que não podem se submeter o presidente e o PT. Ou Lula está seguro de que não enfrentará um processo de impeachment porque nada tem a ver com o mensalão e esquemas delubianos, independentemente de quem presidir a Câmara, ou a crise política é mais séria do que se imagina.

<< Home