O que Fará Severino... e os Partidos!


A cada hora que passa, Severino se aproxima mais da decisão de renúncia à presidência e ao mandato. O sinal de que ele comandará as deciões do governo em sua região até 2006, já veio do presidente Lula. Isso é eleição certa. Mas a sucessão é um quadro indefinido.

Vamos fazer as contas:
PFL+PSDB 110 deputados
PT-Lula 70 deputados
PT-anti-Lula 20 deputados.
PMDB-Lula 30 deputados
PMDB-PMDB 60 deputados
PL+PP+PTB 130 deputados
PDT+PV+PPS+PSOL+Esquerda do PT 60 deputados, 63 flutuantes.

Formar uma maioria neste quadro, não é simples. Ou se consegue um acordo entre PFL/PSDB/PMDB/PT, ou se vai para a loteria e para o segundo turno na escolha do presidente. A cada minuto se torna mais provável a escolha que menos turbulência crie. Thomáz Nonô é um nome para esta opção. E ainda libera a primeira-vice-presidência para o acordo.

Blog do Cesar Maia

<< Home