O Novo Mensalão


Globo.
A cinco dias da eleição para a presidência da Câmara, disputa que conta com uma participação ativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas articulações políticas em defesa da candidatura governista do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), o governo anunciou ontem a liberação de R$ 820 milhões do Orçamento, sendo R$ 500 milhões para as emendas dos parlamentares. Desgastado com a crise política que se arrasta há mais de três meses e, mais recentemente, com os vetos do presidente à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o governo abriu o caixa do Tesouro para atender à mais tradicional reivindicação dos parlamentares da base aliada.
Blog do Cesar Maia

<< Home