O Desastre da Política Externa de Lula


Veja!

Um fiasco mundial

O escândalo do mensalão escondea mais desastrosa política externa da história brasileira


De todas as mistificações do governo Lula, a política externa foi a mais ruinosa. Ao assumir, o presidente e seus colaboradores diretos nesse assunto – o chanceler Celso Amorim, o secretário-geral do Itamaraty, Samuel Pinheiro Guimarães, e o assessor especial Marco Aurélio Garcia – anunciaram uma nova era.



Marco Aurélio, Lula e Amorim na ONU: eles queriam
prestígio, mas só colecionam derrotas internacionais

<< Home