Na Floresta da Quebra de Sigilo Telefônico


Desta vez sobrou para Valério, Dantas, Janene e PT-BSB !

Jornal do Brasil.


No dia 29 de maio de 2003 consta uma ligação da empresa de Valério para a sede do Banco Opportunity, no Rio, no local onde Dantas despacha. No mesmo dia, a empresa de Valério ligou para o Opportunity Equity Partners, gestora de recursos do grupo. No dia 10 de junho de 2003 há outra ligação da sede da SMP&B para o Opportunity . Na quebra de sigilo constam 11 ligações de Valério para José Janene (PP-PR), que teria recebido R$ 4,1 milhões do esquema corrupto, a partir de 2003. A CPI encontrou várias outras ligações entre as empresas de Dantas com as de Valério. A partir de 2003, foram feitas mais de 100 ligações da SMP&B para a Brasil Telecom. O contrato da empresa de Valério, no entanto, é com as empresas Telemig Celular e Amazônia Celular. A CPI encontrou dezenas de ligações da empresa de Valério para a sede do PT em Brasília. Ele recebeu 30 telefonemas do edifício-sede do Banco Central e ligou seis vezes para o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, desde o fim do ano passado.

<< Home