Ministro do Supremo Condenado


Estado de SP.
A Justiça condenou o ministro Eros Roberto Grau, do Supremo Tribunal Federal (STF), por suposta violação à Lei de Licitações. Grau teria se beneficiado em oito contratos com dispensa de licitação para consultoria e assessoria que firmou, na condição de advogado, com a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô).

A sentença, aplicada pela juíza Alexandra Fuchs de Araújo, da 7.ª Vara da Fazenda Pública da Capital, impõe a Grau e a ex-dirigentes do Metrô indenização solidária pelo 'prejuízo sofrido em decorrência dos contratos dos quais participaram, aqui declarados nulos'. Os contratos foram firmados entre 1992 e 1998. (...) A condenação foi pedida pelo Ministério Público Estadual. (...) Eros Grau, que o presidente Lula nomeou ministro do STF em junho de 2004, disse que seu advogado, Mário Sérgio Duarte Garcia, vai recorrer da sentença da 7.ª Vara da Fazenda. (...) Grau se dedicou à advocacia de 1961 a 2004, com especialização em Direito público e administrativo.
Blog do Cesar Maia

<< Home