Manifesto de Juízes Contra Nelson Jobim


Chamam sua dupla militância de "ESCÁRNIO".

Folha de SP.
Um manifesto firmado por 60 juízes e desembargadores gaúchos sugere que o ministro Nelson Jobim deve afastar, "em definitivo", a possibilidade de candidatar-se a presidente da República ou renunciar à presidência do STF. Sob o título "Manifesto pela Ética", divulgado ontem pela internet, o documento afirma que o silêncio de Jobim, diante de conjeturas e ilações da mídia sobre a eventual candidatura, constitui "um escárnio e um acinte à Constituição da República do Brasil". "É preciso um basta: ou o presidente do STF afasta, em definitivo, essa possibilidade, ou renuncia à condição de integrante do Poder Judiciário", afirma o documento, encabeçado pelo juiz Newton Fabrício. A peça foi redigida pelos primeiros sete subscritores e apoiada pelos demais, entre os quais 14 desembargadores (sete deles aposentados). Os juízes do manifesto não aceitam que Jobim, "distanciando-se da sua condição de magistrado, efetue considerações acerca da "ingovernabilidade" do país, caso se configure a hipótese constitucional do impeachment". Alegam que ele poderá ter de se manifestar, no futuro, em eventual processo contra o presidente Lula da Silva
Blog do Cesar Maia

<< Home