A Maior Reforma é a Cláusula de Barreira


Coluna da Tereza Cruvinel no Globo volta a se esquecer do mais importante: a cláusula de barreira de 5% que vai reduzir a orgia partidária, a de 4 a 6 partidos. Votar lei agora seria correr um enorme risco de entrar tudo para a salvação dos afogados. Seria a lei do salve-se quem puder.

Reforma eleitoral: última chance

O dia 30 está chegando, a Câmara está de pernas para o ar e nada de reforma político-eleitoral. Se nada acontecer, a eleição de 2006 ocorrerá sob as mesmas regras, sem contar sequer com os paliativos que desde 1989 vêm sendo introduzidos a cada pleito. Agora só tem um remédio, não é dos melhores mas é o único disponível: a aprovação de uma emenda constitucional dilatando, excepcionalmente este ano para 31 de dezembro, o prazo para a votação de mudanças na legislação eleitoral.

<< Home