Lula Apavorado com o Impeachment Considera o Custo da Compra da Eleição de Aldo Até Baixo


Se existe um ganho concreto para o governo Lula, não sujeito a discussões sobre o futuro, com a eleição de Aldo Rebelo para a presidência da Câmara dos Deputados é a ampliação da proteção contra o impeachment. Naturalmente, as condições gerais para esse pedido permanecem as mesmas - declínio acentuado da popularidade presidencial e evidência concreta de envolvimento do presidente da República no "mensalão" -, mas um ponto de incerteza foi retirado no cenário.

Afinal, o presidente da Câmara dos Deputados tem o poder de arquivar unilateralmente tais pedidos e o Aldo Rebelo não hesitará em fazê-lo. Ou seja, será difícil jogar a carta do impeachment mesmo como provocação. Severino Cavalcanti, é verdade, arquivou um desses pedidos, mas demorou uma semana para fazê-lo e deixou de prosperasse tal incerteza. Além disso, a votação obtida por José Thomaz Nono mostrou que a oposição incondicional a Lula ainda não está próxima de ter os votos para um impeachment (Góes & Consultores Associados).

Blog do Cesar Maia

<< Home