Leão Leão Usa Frase de Palocci Para se Defender


Curioso é dizer que vai demonstrar a razão dos saques sequenciados, e até hoje não conseguia explicar. E leia com que intimidade trata o ministro que chama pelo nome.

Folha de SP.


Sem dar detalhes da operação, a nova presidente da Leão Leão, Isabel Cristina Leão , afirmou ontem que tem como justificar, com a apresentação de notas fiscais, a série de cheques seqüenciados descontados da conta da empreiteira entre janeiro de 2002 e dezembro de 2003.

Segundo ela, os cheques eram dados para fornecedores da empresa, que realizavam o saque em seguida. Isabel afirmou que o detalhamento das operações será fornecido à Justiça e à Receita Federal. Ela também negou que a Leão Leão tenha pago propina a integrantes da Prefeitura de Ribeirão Preto, entre eles o ex-prefeito da cidade e hoje ministro da Fazenda, Antonio Palocci.

"Vou repetir as palavras do Palocci: veementemente não. Nunca pagamos propina a ninguém", disse ela, usando as palavras do ministro quando ele negou, há duas semanas, a existência de um esquema de propina em Ribeirão.

<< Home