"La Bruta Politica"


Trecho final de artigo de Marco Maciel na FSP.

Enfim, não se deve ver a crise como sinal de retrocesso ou decadência. A história das nações, disse Tancredo Neves na campanha presidencial é "a história das suas crises". É oportuno, assim, retirar lições que conduzam a repostas aos desafios políticos e institucionais de consolidar a racionalidade econômica e de ampliar nossa coesão e solidariedade sociais. A adversidade não deve inibir, portanto, nossa capacidade de aprofundar as reformas do Estado brasileiro sem pressa, mas sem pausa, na desafiadora tarefa de melhorar o que Bobbio denominou "la bruta politica".

<< Home