Indefensável, Diz Dora Kramer no ESP!


Os deputados beneficiados com a liminar do Supremo Tribunal Federal que lhes garantiu direito de defesa na Câmara até agora não fizeram uso da prerrogativa. Alguns até sumiram para não receber as notificações, caracterizando a má-fé. A idéia parece ser mesmo a da postergação, de modo a que os processos sejam atropelados primeiro pela disputa em torno da presidência, depois pelo recesso e depois pela campanha eleitoral.

<< Home