Estranho!


Itamar dá cobertura a Dirceu e à tese da Graduação de Penalidades!

Trechos de artigo em O Globo.

Entretanto, é imperativo também que o denuncismo sem provas não prospere, a fim de que não se excluam da vida pública brasileira pessoas que tiveram e têm compromissos com os interesses maiores da sociedade.

Denúncias por si não podem prevalecer. Há que se apurar o quanto foi denunciado, comprovar a veracidade, ou não, das acusações feitas, para se concluir sobre as providências a tomar, e a soberania popular não ser falseada pela conduta de uma ou outra pessoa. Dentre os que foram acusados no denuncismo que assola o país, anoto a situação do ex-ministro e hoje deputado José Dirceu, por quem tenho apreço.

O importante é que se observe o equilíbrio tão caro aos mineiros e virtuoso da República: nem fique sem apuração e punição os que atentam contra a vontade do povo, nem seja cassado o povo do seu voto pela atuação imputada aleatoriamente a um titular de mandato popular.

<< Home