Equador Vai Rever Contratos de Petróleo


O Presidente Alfredo Palacio anunciou nesta quarta-feira que o Governo equatoriano vai revisar todos os contratos com empresas petrolíferas estrangeiras que operam no país, a fim de aumentar para 50% a participação nacional nas receitas com exploração do petróleo. "Esse 80-20 (por cento) não vai continuar. Temos que fazer uma proposta que pelo menos esteja muito próxima de 50-50", afirmou o Chefe de Estado, numa guinada neo-populista, nas pegadas de seu colega boliviano e debaixo da pressão das recentes greves nas zonas de produção. O Equador é o segundo maior produtor de petróleo na América do Sul e mantém contratos com pelo menos dez companhias estrangeiras, incluindo a Petrobras.

<< Home