Eleição de Lula: Erro e Necessidade Segundo Ferreira Gullar


Trechos de seu artigo ERRO NECESSÁRIO, na Folha de SP.
A crise, que, sem dúvida, continua, entrou num remanso. Aproveito, então, para perguntar se a eleição do atual presidente da República, fonte de tão grave crise, foi um erro. Tendo a admitir que sim, mas estou igualmente convencido de que foi uma necessidade: a partir de determinado momento, a sociedade brasileira, na sua ampla maioria, necessitou elegê-lo presidente da República. O fato mesmo de que isso só ocorreu a partir de determinado momento -e não antes- indica que a necessidade de elegê-lo resultou de um processo, não de uma fatalidade, ou seja, a conjunção de fatores objetivos e subjetivos tornou inevitável o que antes era mera probabilidade. O que era necessário acontecer aconteceu. Será que, depois de ter purgado essa culpa, o povo brasileiro o elegeria outra vez?
Blog do Cesar Maia

<< Home