Efeito Boomerangue

Lula gostou da mudança de foco, mas agora acha que pode cair na cabeça dele. Contato com judiciário é mostra de apelação !

Estado de SP.
Os presidentes do STF, Nelson Jobim, do STJ, Édson Vidigal, e do Senado, Renan Calheiros conversaram ontem com o presidente Lula sobre os ataques ao presidente da Câmara, Severino Cavalcanti. Lula, que a princípio se sentiu aliviado com o desvio de foco dos ataques do Planalto para o Congresso, está preocupado com a possível desestabilização de Severino, já que seus possíveis sucessores são todos de partidos da oposição.
Para o Planalto, o movimento pode representar uma escalada para atacar os chefes dos Poderes, que começou pelo Executivo, agora chegou ao Legislativo e pode se estender. 'A oposição está partindo para tudo', comentou um interlocutor do presidente. Os ataques a Severino foram considerados, no Planalto, 'uma manobra das oposições que pode até pôr as instituições em risco'. Esse tipo de preocupação foi verbalizado ontem por Jobim e Vidigal. Por isso, todos recomendavam 'muita calma' para tratar da questão.

<< Home