E Juntinhos: Dirceu e Palocci!


Folha de SP.

Entre os dias 7 e 13 de julho, José Dirceu telefonou sete vezes de seu celular para o celular do mais próximo assessor do ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho, Ademirson Ariovaldo da Silva. E recebeu duas chamadas de volta. Foram sempre conversas curtas, de no máximo um minuto.

Palocci costuma usar o mesmo aparelho. Foi para esse número que também a CPI dos Bingos detectou chamadas do advogado Rogério Tadeu Buratti, implicado em outro escândalo, o da suposta propina para renovação do contrato da multinacional GTech com a Caixa Econômica Federal.

<< Home