Dirceu Fala a Folha de São Paulo e Se Faz de Vítima


Coitadinho, como está sendo injustiçado! Logo ele que não tinha nada com isso!

Caixa Dois? Fez, mas quem não faz... e tudo foi coberto com empréstimos do PT/Delúbio/Valério! E como explicar empréstimos que sequer cobrem 20% do dinheiro que circulou? E o doleiro do PT? E Duda Mendonça, por fora?

E nem conhecia Valério! O que fazia Valério na Casa Civil tantas vezes? E como Valério marcava as reuniões com ele?
-Não sei que cicatrizes tenho de tudo o que aconteceu na minha vida. Espero que tenha forças, hoje, para sobreviver ao momento que estou vivendo, que é o mais duro da minha vida. De uma hora para outra ser acusado de corrupto, chefe do “mensalão”, quadrilha, tendo a vida que tive, me sustentando desde os 14 anos, e agora passar por isso, não é fácil. Para mim, quem tinha comprado o apartamento era o Ivan Guimarães [ex-presidente do Banco Popular. O Marcos Valério não tinha relação comigo, ele mesmo diz isso e é verdade.Sou homem público há 40 anos...e agora virei bandido, virei chefe de quadrilha porque o [ex-deputado] Roberto Jefferson disse.

-Um acordo com o PMDB daria estabilidade ao governo. Eu sempre disse ao presidente que o governo não podia perder a maioria na Câmara e no Senado. Que perder a maioria seria caminho para CPI e que CPI é caminho para tentar desestabilizar e inviabilizar o governo.

-A minha divergência [com o governo] é de foco e de prioridade. Eu sou favorável à estabilidade fiscal, monetária e ao combate à inflação. Mas estou convencido de que poderíamos ter destinado mais recursos para a infra-estrutura, para o social.

-O fato de muitos membros da base aliada do governo terem pegado recursos de caixa dois não quer dizer que o governo é corrupto e que o PT é corrupto. Mas segundo ele, a prática de caixa dois e de suposto acordo para repasses de recursos obrigará o partido a pedir desculpas ao país. Esse é um erro e o PT vai pagar por ele. Nós vamos ter que pedir desculpas ao país. Nós assumimos compromissos na campanha eleitoral com partidos e repassamos recursos. Se fossem da arrecadação oficial do PT, não teria problema nenhum. Como foram recursos tomados num banco e foram repassados fora da prestação de contas, há uma ilegalidade aí que vai ser punida na Justiça.
(continua no post abaixo)

Blog do Cesar Maia

<< Home