Depoimento de Daniel Dantas à CPI


Vai falar tudo? O Planalto treme!

Estado de SP.


O depoimento do sócio do Banco Opportunity Daniel Dantas à CPI dos Correios, no dia 21, deve revelar os detalhes de três encontros em maio de 2003 com o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, em Brasília, e um áspero diálogo do banqueiro com o então presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb, na mesma época. Todas as conversas, na versão de Dantas, giraram em torno da disputa pelo controle da Brasil Telecom, a terceira maior operadora de telefonia do País. Dirceu e Cássio Casseb teriam sido emissários de uma decisão do governo de limitar o controle da operadora aos fundos de pensão de estatais para repassá-lo depois a empresas que escolhesse. A versão do banqueiro, o governo do PT pressionou diretamente o Opportunity a deixar a Brasil Telecom com a intenção inicial de passar o controle da operadora à Telecom Italia. Depois, a estratégia do governo seria, ainda segundo Dantas, entregar a companhia à Telemar.

<< Home