Delfim Sempre Dissimula! Quando Fala é Porque a Coisa é Séria!


Folha de SP.
O deputado federal e ex-ministro Defim Netto (PMDB-SP) disse ontem no Rio que historicamente o Brasil só cresce graças ao fôlego exportador e que a manutenção dos juros reais elevados provocou uma "sobrevalorização" do câmbio que pode prejudicar as exportações brasileiras. Delfim disse que o "ganho de elevar" a Selic com o objetivo de reduzir a inflação de 6,2% para 5,1% (centro da meta do Banco Central) "foi muito pequeno" em face do risco de desestimular as exportações e o crescimento. De acordo com Delfim, a sobrevalorização do real pode fazer o Brasil "caminhar para o mesmo risco" vivido nos Planos Cruzado, Collor e no início do Real, quando o câmbio fixo fez "quebrar" as exportações. O câmbio, diz, pode desestimular novos exportadores.
Blog do Cesar Maia

<< Home