Créditos em Consignação!


Conheça os Bancos que operam na Câmara dos Deputados! Qual a razão? Por que foram pré-qualificados todos os interessados? Repare que pelo menos dois deles estão metidos em outros imbróglios desta crise.

Estado de SP.

Apenas cinco pequenos e pouco conhecidos bancos privados podem operar o chamado crédito consignado na Câmara - Schahin, Luso Brasileiro, BIC, Cruzeiro do Sul e BGN, este último de Pernambuco. A escolha dos bancos passou pela primeira-secretaria e, de acordo com documentos obtidos pelo Estado, não se balizou em critério objetivo de custo dos empréstimos ou qualidade da instituição. Inicialmente, oito bancos se candidataram às cinco vagas, e Severino determinou que a seleção se fizesse segundo a ordem de protocolo das propostas. Seguindo esse critério, em 10 de abril de 2002, Severino assinou autorização para credenciamento de Luso, Pine, BGN, Alfa e Cacique. Mas três deles foram substituídos por razões desconhecidas. Em lugar do Pine, foi credenciado o BIC, em lugar do Alfa entrou o Schahin, e o Cacique operou por um ano e foi trocado pelo Cruzeiro do Sul. Nem o HSBC nem o ABN Amro Bank, grandes bancos privados que também tinham interesse no convênio, foram aceitos.

<< Home