Comentário: Cuidado com a Impaciência


1. Os jornais de hoje de manhã, reproduziram o método de sempre. Quando uma autoridade confronta com a linha editorial e o noticiário dos jornais, caso do Severino, ontem de forma aberta e ostensiva os jornais do dia seguinte dão todos os espaços para a defesa de forma a mostrar isenção. Mas concentram todas as suas lentes para analisar tudo o que possa desmentir a autoridade, nos dias posteriores. Dick Morris em seu livro - Novo Príncipe - descreve casos como esse, e desaconselha os políticos de adotar o procedimento de confronto com a imprensa.

2. O tal documento que os peritos discutem, tende a ser desvio de foco. Se o empresário não tem o original e o documento é completamente irregular, e portanto, não pode estar em processo - quem o teria? Severino? Sem o original não há perícia. Aliás o documento só serviria como prova de falta de decoro pois não pode ter vinculação com o pedido de prorrogação do contrato. Seria uma espécie de contrato de gaveta. Portanto as investigações devem estar principalmente concentradas no Bradesco, cheques, movimentos sistemáticos, assinaturas...

3. Os líderes da oposição se reunem hoje em Brasilia. Devem abandonar ai déia de obstrução sistemática - pelo menos nas sessões de julgamento, como a de quarta-feira. A abertura de processo direto na comissão de ética, é um risco pois pode levar a arquivo. Melhor seria cumprir uma etapa inicial e levar à corregedoria e pedir perícia da UNICAMP, cheques e movimentação de contas no Bradesco e acareação de funcionários de um lado e de outro, (Severino e Buani). A impaciência em processos deste tipo, é a alegria dos denunciados.

Blog do Cesar Maia

<< Home