Comentário: Crise na Ucrânia


Persiste a crise política na Ucrânia, provocada pela demissão da Primeira Ministra Iulia há duas semanas, em meio a acusações de corrupção e de abuso do poder.

O Presidente Viktor Iuchtchenko sofreu ontem novo dissabor, quando o Parlamento vetou seu candidato a Primeiro Ministro, Iuri Ekhanurov, ao perder o apoio de cerca de 40 deputados fiéis à ex-Primeira Ministra. Ekhanurov foi rejeitado por três votos de diferença, mas deverá continuar a dirigir interinamente o Governo, até que Iuchtchenko volte a apresentar a sua candidatura ou escolha outro candidato. Até agora, tanto a Rússia, quanto à União Européia tem evitado intervir de maneira mais ostensiva nessa crise.

Blog do Cesar Maia

<< Home