Comentário: Bolívia, Mais Problemas


Uma resolução do Tribunal Constitucional da Bolívia deixou em suspenso as eleições gerais de marcadas para 4 de dezembro, ao determinar a redistribuição de cadeiras na Câmara dos Deputados. Aguarda-se a definição do Congresso, que já está sendo pressionado pelo Presidente Eduardo Rodriguez para encontrar uma saída constitucional. Aquela resolução provocou novos enfrentamentos regionais e gerou um clima de incerteza dentro do Congresso.

O Distrito mais beneficiado é o de Santa Cruz de la Sierra (onde Evo Morales perde), que ganhou mais 4 Deputados (chegando a 26). Assim, de um lado, os dirigentes políticos e os empresários de Santa Cruz se felicitaram pela resolução, ainda que a mesma possa adiar a realização das eleições; mas, do outro, os líderes dos Departamentos afetados denunciaram a existência de uma conspiração para a postergação das eleições e ameaçam boicotá-las.

Há também a versão de que tal resolução se voltaria contra Evo Morales, que está na frente das pesquisas de intenção de voto, com 5 pontos percentuais sobre o ex Presidente Jorge Quiroga, que conta com o apoio de Santa Cruz.


Blog do Cesar Maia

<< Home