Colin Powell Pede Desculpas Hoje à Noite


Colin Powell disse numa entrevista na televisão que irá ao ar hoje à noite que seu discurso na ONU, no qual deu uma descrição detalhada do programa de armas do Iraque, que não existiam, foi pessoalmente "doloroso" para ele e que isso seria uma "mácula" permanente em seu currículo. "Fui eu que apresentei ao mundo isso em nome dos EUA e isso sempre fará parte de meu histórico. Foi doloroso então e permanece doloroso hoje".

Ele acrescentou que foi "devastador" saber que alguns oficiais de inteligência sabiam que a informação que tinha não era confiável, mas que não podia dizer nada sobre isso na época. Powell deu a entender também na entrevista, concedida a uma das mais respeitadas jornalistas americanas, Barbara Walters, que os EUA foram à guerra com tropas insuficientes para dar segurança ao Iraque e não manteve forças suficientes para estabilizar aquele país.

<< Home