Chefe de Gabinete de Lula e Ex-Secretário de Governo do Prefeito Celso Daniel Começa a Falar


Desmente que fosse "mula" do PT -levando dinheiro, mas admite as reuniões que irmão de Celso Daniel informou à CPI. Depondo na CPI.

Globo-On

O chefe de gabinete de Lula, no entanto, admitiu que teve cinco conversas com a família de Celso Daniel, assassinado em 2002, duas delas com a presença de João Francisco Daniel, irmão do prefeito que o acusa de participar do esquema de corrupção na prefeitura. Um dos encontros teria ocorrido no apartamento do deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP).

<< Home