Bônus-Banval, RS, Prado, Natimar, Athenas Ers Rouster, Valério & Cia Ltda.


O Globo de domingo.

Relatórios da CVM recebidos pela CPI mostram que a RS Administração e construção, controlada por uma empresa do Panamá,e o corretor Waldir Vicente do Prado estão sendo investigados por terem participado da Bolsa de SP e da BM&F, de operações sob suspeita de terem sido usadas para justificar repasses. Prado e a RS receberam pelo menos 7,5 milhões de reais de quatro empresas investigadas pela CPI por terem recebido dinheiro de Marcos valério. As operações no mercado foram feitas pelas corretoras Bonus_banval, Master e mais duas outras instituições. Havia um contrato de empréstimo entre a Bônus-Banval e a 2S Participações, empresas ligadas a Valério.

A RS tem como principal sócio a Sociedade Imobiliária de Investimentos com sede no paraíso fiscal do Panamá. Os inspetores da CVM desconfiam que as operações suspeitas da empresa RS e do corretor Waldir Prado foram feitas com a intenção de evitar notificação pelo COAF. Pelas contas da RS e Prado passaram pelo menos 20,7 milhões de reais. Na lista de empresas que fizeram os depósitos identificados estão quatro investigadas pela CPI: a Athenas Trading, a Natimar, a Erst Banking e a Royster.
Blog do Cesar Maia

<< Home