As Razões da Propina... e as Datas


Folha de SP diz que no dia 31 se negociou o reajuste!

Uma das questões-chave no choque de versões entre Severino e Buani, é a existência ou não da reunião em que teria sido acertado o pagamento do "mensalinho", em 31 de janeiro de 2003. Ao contrário do que afirma, Severino assinou um documento no final de janeiro daquele ano. Esse documento é a autorização para que o restaurante, reajustasse o preço da refeição em 39,34%. Este entrou em vigor no dia 3 de fevereiro. Severino foi taxativo sobre a reunião: "A inconsistência de tal versão é claríssima. A autorização para a prorrogação do contrato se deu no dia 3 de janeiro e não no dia 31. Antes disso, desde 24 de janeiro, o novo contrato já se encontrava em vigor. Jamais houve a tal reunião do dia 31". A Câmara recebeu o requerimento com o pedido de reajuste em 3 de janeiro de 2003, mas ele só foi autorizado por Severino entre o dia 27 e o dia 31. No dia 27, o processo entrou em tramitação com regime de urgência e foi assinado até o dia 31. O dia mais provável em que a assinatura tenha ocorrido é 31 de janeiro porque o reajuste entrou em vigor no primeira dia útil seguinte, ou seja, 3 de fevereiro. A Câmara não havia fornecido até o fechamento desta edição cópia do contrato com a data exata.

<< Home