Argentina Hoje


Avaliação do quadro argentino pelo analista Rosendo Fraga.

Resumo:

1. O peronismo vai à eleição dividido em FV, liderada por Kirchner, e PJ por Duhalde.

2. Nacionalmente o FV terá 30% dos votos e o PJ 20%.

3. No Parlamento, o peronismo (oficialmente o PJ) teria 50% dos votos. Mas o grupo Kirchner seria o maior no Parlamento.

4. Fora do peronismo, a UCR e o PRO, teriam 10% dos votos cada. O ARI e os Socialistas com 5% cada. E a esquerda, dividida em partidos menores, teria 5%.

5. Na decisiva Província de Buenos Aires, o FV terá pelo menos 33% dos votos e o PJ 25%. Na soma os peronistas terão 60%.

6. No Senado o peronismo ganha 5 lugares devendo chegar a 45 ou 62% dos senadores.

7. Nos 24 distritos, em 20 deles ganham os candidatos apoiados pelos governadores.

Obs: A eleição renova metade do Congresso.

Blog do Cesar Maia

<< Home