Apenas Para Fazer Memória!


Estado de SP - 29/07/2004

UMA HISTÓRIA VERDADEIRA, E REPLETA DE CRIMES. MUITOS CRIMES.

Em O Caso Telecom Giuseppe Odo e Giovanni Pons, jornalistas italianos, apresentam uma análise do polêmico processo de privatização das telecomunicações na Itália e de seus muitos desdobramentos. Com base em entrevistas e encontros com empresários, os dois mostram como a Telecom Itália, uma empresa que parecia chave para o futuro da economia de seu país, transformou-se em modelo de instabilidade. Uma antologia de crimes. Corrupção, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, inúmeros processos por propaganda enganosa e concorrência predatória. Essa é a imagem da Telecom Itália na Europa e nos Estados Unidos. Na América Latina a empresa está presente no Brasil, Chile, Argentina, Peru, Venezuela, Cuba e Bolívia. Usa por aqui, segundo os jornalistas, os mesmos métodos pelos quais vem sendo sistematicamente condenada pela Justiça italiana.

No Brasil, a Telecom, enquanto acionista da Brasil Telecom, negociou a compra da Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT) sem autorização dos demais sócios e pagou US$ 250 milhões a mais do que a empresa valia. Quando a TIM iniciou suas operações com o sistema GSM, a Telecom Itália foi obrigada, por força de lei, a retirar-se do conselho da Brasil Telecom.

<< Home