Aparece o documento apócrifo citado por Veja


A Folha teve acesso à cópia do documento intitulado "A História de um Mensalinho", cuja autoria é negada pelo empresário Sebastião Augusto Buani. O documento tem duas páginas e diz que Severino Cavalcanti teria recebido 13 pacotes de dinheiro em 2003, o que totalizaria R$ 84 mil, e que ligava de "seis a dez vezes ao dia" para cobrar do empresário a propina de R$ 10 mil mensais. O texto está escrito na primeira pessoa e seria um suposto desabafo de Buani. Buani não negou nem confirmou a existência do documento no depoimento que prestou ontem. "Acabei cedendo, pois não via outra alternativa. Com muita luta consegui reduzir o valor pedido, acertando em R$ 40 mil." O dinheiro teria sido entregue aos dois numa agência do Bradesco."Era cobrado quase que diariamente pelo próprio Severino". Severino teria pego o dinheiro pessoalmente em duas ocasiões. Um cheque de Buani teria sido descontado por um motorista de Severino para pagar uma fatura de seu cartão de crédito.

<< Home