Almoços e Churrascos


No Churrasco não se comeu só carne. No almoço Buratti/Barquete, também não. A PF sabe disso. E a viúva de Ralf Barquete sabe muito mais. A PF sabe de tudo isso.

Folha de SP.

Em depoimento à Polícia Federal, a irmã do advogado Rogério Buratti, Rosângela, e a ex-mulher dele, Elza Gonçalves, disseram que o ministro Antonio Palocci (Fazenda) esteve em três churrascos na casa de Buratti durante 2002 em Ribeirão Preto (SP). Na época, segundo Elza, Palocci ainda era prefeito da cidade.

Buratti ocupava, em 2002, a vice-presidência do grupo Leão Leão, que atuava na construção civil e coleta de lixo, contratado pela prefeitura. A quebra do sigilo telefônico de Buratti relativa a 2002, em poder da CPI dos Bingos, aponta quatro ligações do advogado para celulares do então prefeito. Há ainda outras dez para Barquete, na época secretário de Fazenda.

A viúva de Ralf Barquete dos Santos (morto em 2004), Elisa Sueli Ribas Santos disse que Buratti e Barquete não eram íntimos e confirmou um almoço do ex-marido na casa de Buratti, com presença do então prefeito, em 2002.

<< Home