Vem aí : Mais sobre Somague e Palocci


Investigações desse blog avançam. Tem mais ministro amigo. E tem banco associado com privilégios.


Trechos de matéria de hoje na Folha de SP.
Buratti, ex-assessor de Palocci em Ribeirão Preto, ligou quatro vezes para o gabinete do ministro em maio de 2003. Buratti diz que, naquele mês, o ministro atendeu empresários do grupo Somague a pedido dele. O grupo Somague é associado da empresa Leão Leão numa concessionária de rodovias de São Paulo, a Triângulo do Sol. Buratti foi vice-presidente da Leão Leão até março de 2004. O grupo nega ter requisitado a ajuda de Buratti.
Tanto no caso da Somague como no do banco Prosper, o Ministério da Fazenda nega que Buratti tenha agendado os encontros com o ministro. Buratti, porém, admitiu que pediu a Dourado o encontro do ministro com o empresário João Vaz Guedes, presidente do Somague, grupo português de construção civil, no dia 13 de maio de 2003.

<< Home