Valério Desmente Quadrado que Desmente.....


Milhões pelo ralo da corrupção política.

E quem tinha a corda do lado de dentro do Planalto?

Comunicado divulgado em 31 de agosto de 2005
Nota de Marcos Valério.

A propósito do depoimento de Enivaldo Quadrado, sócio da Bônus Banval, à CPI dos Correios, hoje (31/08), o empresário Marcos Valério afirma que não mentiu à Polícia Federal e destaca que nunca fez qualquer investimento na corretora Bônus-Banval.O empresário mineiro declara que fez depósitos na conta corrente da corretora, no Banco do Brasil, e emitiu cheques nominais favoráveis a ela, que totalizaram R$ 9.782.000,00.

Uma parte deste valor — R$ 3.515.000,00 — foi, posteriormente, repassada às pessoas indicadas pelo ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, que constam na lista entregue por Marcos Valério às CPIs dos Correios e da Compra de Votos, à Procuradoria Geral da República e à Receita Federal.

Os demais R$ 6.267.000,00 foram devolvidos pela Bônus Banval, em vários depósitos de clientes da corretora, feitos na conta da 2S Participações, no Banco do Brasil.

<< Home