Ásia Não Tem Ideologia, Tem Interesses


TÓQUIO E PEQUIM UNEM FORÇAS PARA GANHAR A CORRIDA DA TELEFONIA DE QUARTA GERAÇÃO.

Le Monde, hoje ( www.monde.fr )

O Japão se entende com a China para a utilização de Quarta geração no domínio da telefonia móvel. Um acordo neste sentido foi assinado na Sexta-feira 26 de agosto por representantes de ambos os países. Passando por cima de suas diferenças políticas, os dois governos optaram por unir-se para superar o desafio de uma tecnologia de comunicação que deve impor-se por volta de 2 010. Para o Japão, a escolha de associar-se a seu poderoso vizinho representa a continuidade de um trabalho comum que já vem sendo realizado há vários anos.

A aliança permite a aproximação dos conhecimentos japoneses com a amplitude do mercado chinês. O objetivo é assegurar aos dois protagonistas o papel de líderes globais da Quarta geração. Com isso, os grandes produtores japoneses NEC e Panasonic poderiam vencer seus rivais europeus e americanos, principalmente a Nokia. De outro lado, este acordo assegura à China conhecimentos tecnológicos que ela ainda não possui.

Tecnicamente, a Quarta geração deverá caracterizar-se por níveis de circulação de dados próximos dos oferecidos pela fibra ótica, ou seja, de várias dezenas de megabits por segundo. Nesta perspectiva, o grupo japonês NTT DoCoMo já conseguiu transmitir informações a um terminal em movimento à velocidade de um megabit por segundo.

<< Home