A Semana dos Tesoureiros


Três ex-tesoureiros depõem na CPI. Expectativa é que Dirceu fique mais envolvido no caso da Portugal Telecom.

ESP- Vinte oito dias após o primeiro depoimento na CPI dos Correios, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, volta a depor no Congresso na próxima quarta-feira nas investigações sobre o suposto esquema de pagamento a parlamentares por troca de apoio político ao governo. Dessa vez ele vai depor na CPI do Mensalão, que já cruzou dados de sigilos fiscais e recolheu depoimentos que serão usados contra o ex- tesoureiro.

"A tese da operação Paraguai, já foi para o espaço. Já sabemos de operações externas em offshores e paraísos fiscais", afirmou o deputado Raul Jungmann (PPS-PE). "Delúbio vai ter muitas surpresas porque as investigações evoluíram muito", continuou o deputado. Para Jungmann, o foco do depoimento deverá ser a origem do dinheiro e seus destinatários.

Além de Delúbio, a CPI do Mensalão vai ouvir amanhã outros dois ex-tesoureiros: Emerson Palmieri, do PTB, e Jacinto Lamas, do PL. Com Palmieri a CPI vai tentar avançar nas investigações sobre supostas negociações com a Portugal Telecom na busca de recursos para o pagamento de campanhas.


(manhã)

<< Home