Risco fecha em 376 pontos e dólar atinge novo piso no ano


Globo Online
O dólar caiu mais 0,65% nesta quarta-feira e atingiu novo piso no ano ao fechar valendo R$ 2,278 na compra e R$ 2,280 na venda. É a menor cotação desde 10 de abril de 2002. O grande destaque do dia foi o risco-país, que chegou à mínima de 373 pontos centesimais. No fechamento, o EMBI+ Brasil marcou 376 pontos, com queda de 1,31% (5 pontos), a menor cotação desde 23 de outubro de 1997, quando fechou em 374 pontos.

Obs: O ministro argentino Lavagna, já explicou isso amplamente nesta semana. O dólar baixo interessa ao credor externo -seja privado ou agencia multilateral. Quando a cotação do dólar cai o risco de inadimplência diminui porque o serviço da divida em dólar diminui. Por esta razão os movimentos dólar e risco são paralelos. Num momento de incertezas jogar o dólar para baixo e conseguir que o risco acompanhe, produz a sensação de que a economia vai bem. É uma ilusão. A macro-economia e a economia de exportação, pagam a conta dos devedores e da ilusão de que o país vai bem pelo fator risco de crédito.

É o que alguns economistas chamam de síndrome-disneyworld.

(noite)

<< Home