A Resposta da Lei


Miguel Reale no ESP - Parte inicial do artigo (imperdível).

Nunca se esteve tão perto da verdade como na trágica crise política que o País está vivendo. E nunca houve tanta hesitação em declarar quais os responsáveis. No entanto, os indícios veementes se acumulam e se correlacionam, como o demonstrou Miguel Reale Júnior no jornal Valor Econômico, revelando a realidade subjacente.

Tudo consistiu na tentativa monstruosa de confundir um partido, o Partido dos Trabalhadores (PT), com as instituições político-administrativas do Estado.
Que se visava senão um regime de partido único, sob as vestes de uma democracia trabalhista, possivelmente sindical? Para tanto se procurou o domínio do Congresso Nacional, comprando-se ou se alugando, onde houvesse resistência, os votos da própria e das alheias agremiações partidárias. A esta altura, com todos os elementos probatórios obtidos,testemunhais e documentais, não se pode mais negar a existência de um crime em processo.

(manhã)

<< Home