PT purgando seus pecados


Como se sabia: o PT para purgar os pecados vai para a esquerda. A dita "base" do governo, para não mostrar intimidade, deixa todo mundo a vontade.

E as votações seguem...ao Deus dará !!!!!!

A tempo: no caso do "simples" é mera correção monetária que não vinha sendo dada.

Governo sofre duas derrotas durante votação de destaques da MP do Bem

O Globo
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira duas emendas ao texto da Medida Provisória 252,que desonerou investimentos e criou outros incentivos fiscais, conhecida como MP do Bem. Uma das emendascorrige o limite de enquadramento de empresas no regime do Simples e a outra faz mudanças no regime dePIS/Cofins para o setor de energia. As duas derrotas podem resultar numa renúncia fiscal de R$ 2,3 bilhões.

Para as microempresas, o limite de faturamento anual para o Simples passou de R$ 120 mil para R$ 240 mil,enquanto para as pequenas subiu de R$ 1,2 milhão para R$ 2,4 milhões. Essa medida representa uma renúnciade R$ 1,744 bilhão, segundo cálculos da liderança do governo na Câmara. O plenário também votou a favor da volta para o regime cumulativo de PIS/Cofins da distribuição de energia para as áreas residencial, rural e de iluminação pública, o que deve resultar numa renúncia adicional de R$ 600 milhões. As medidas, no entanto,ainda podem ser revertidas pelo Senado.

Para evitar novas derrotas, já que outros destaques estavam pendentes, o governo - com o apoio da oposição - derrubou o quórum em plenário e a votação foi interrompida.

(noite)

<< Home