Petróleo


Financial Times -tradução UOL.

Goldman Sachs vê o preço do barril de petróleo acima de US$ 60 por cinco anos

Mas, para corretora, valor não basta para investir em infra-estrutura

A Goldman Sachs, uma das maiores corretoras financeiras no setor de commodities, espera que os preços referenciais do petróleo permanecerão acima de US$ 60 o barril pelo restante da década. Em um relatório divulgado nesta quinta-feira (18/08), o banco americano disse que os preços não são altos o bastante para estimular as companhias de petróleo a investirem mais de suas crescentes reservas de dinheiro em nova infra-estrutura de energia.

A Goldman disse que neste ano os mercados de petróleo entraram em um período de "super-alta" que poderá ver os preços atingirem até US$ 105 o barril. Nesta quinta, ela elevou sua média de longo prazo, que cobre cinco anos, do West Texas Intermediate (WTI), o referencial americano, em US$ 15, em relação à estimativa anterior de US$ 45, estabelecida no início deste ano.

(manhã)

<< Home