Para Fugir da Crise, Lula se Afasta do PT


Manchete do Estado de São Paulo deste domingo.


O discurso de sexta-feira, em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se disse traído por petistas, foi o primeiro passo da estratégia adotada a conselho do presidente do partido, Tarso Genro, e que envolve também o distanciamento em relação a José Dirceu. O ex-ministro da Casa Civil, agora deputado federal, recusou-se a renunciar ao mandato e enfrenta processo de cassação no Conselho de Ética da Câmara. "O governo quer neutralizar a forte influência do deputado José Dirceu (SP) no PT para evitar que a crise política desgaste ainda mais o presidente Lula da Silva.

O presidente do PT, Tarso Genro, disse a Lula que era preciso combinar uma estratégia conjunta para refundar o partido e afastar Dirceu. Para se salvar, Lula também vai se distanciar cada vez mais do PT. ‘Nós não sabemos o que está por vir’, disse Tarso, numa referência à possibilidade do pedido de impeachment".

José Dirceu se mostra cada vez mais irritado com os ataques de Tarso e reage:
"Querem me fazer de bode expiatório. (...) Mas eu não vou assumir nada do que não fiz. Vou até o fim."

(manhã)

<< Home