Opinião


Ontem o Jornal Nacional fez uma comparação entre o tempo que levou a CPI do PC Farias e o tempo que leva a atual, insinuando que os trabalhos desta vez estão muito morosos. Matéria injusta! A CPI pode ter muitos defeitos, mas compará-la com a do PC é um equívoco. A do PC era simples: irmão de Collor acusa PC de ser testa de ferro de Collor. E este era o único foco. Agora são centenas de pessoas e dezenas de canais de corrupção e mistura de enriquecimento com crime político eleitoral. Envolve o executivo -como matriz- e o legislativo. Governo e Estatais. E com o agravante que na de PC,(PC fazendo o papel do Delubio hoje),este assumiria sozinho, Collor abriu tudo para a CPI e colocou para valer a PF, RF,...à disposição da CPI. Só não contava com o julgamento político.

<< Home