O comandante da operação


Nota anterior mostra que Lula assumiu o comando da operação para acabar com a rebelião da base aliada em fevereiro de 2004.
Matéria no JB ilustra os desdobramentos.

No período de maior concentração de votações de interesse do governo no Congresso em 2004 - entre os meses de janeiro e maio - R$ 9,6 milhões irrigaram as contas de parlamentares dos partidos da base governista. O PL recebeu R$ 2,3 milhões, o PP R$ 2,1 milhões, o PT R$ 3,7 milhões e o PTB R$ 1,5 milhão. O mês de julho, auge da campanha municipal do ano passado, também registrou um volume expressivo de repasses: R$ 10,5 milhões - R$ 5 milhões para o PTB, R$ 2,5 milhões para o PT, R$ 2 milhões para o PP e R$ 1 milhão para o PMDB.

<< Home